– duas vezes

tumblr_l6u8wiy4pm1qbhwnxo1_500

Hora: 20:47 – Ouvindo: Plain White T’s – Hey There Delilah

E ali estávamos. Praticamente no mesmo lugar onde nos conhecemos, quase no mesmo horário até. Seus olhos cintilaram em minha direção como da primeira vez e minha respiração repentinamente me deixou. Nunca consigo mantê-la quando seus olhos esbarram nos meus e chegam acompanhados com seu tímido e fino sorriso. Na verdade, acho mesmo é que fico tão fascinado e enebriado com sua beleza que acabo esquecendo de respirar.

Continuar lendo

Anúncios

– as cores

conjuntivite-no-verao-4-78

Hora: 17:35 –  Ouvindo: Pink – Fucking Perfect

As cores estão molhando os meus olhos.
Derramando ácido através de minha retina afetada.
Elas correm rápido e machucam quando eu tento as olhar.
Não consigo fixar meus olhos nelas por que elas ardem e me envergonham de tão inchados que estão.
Minhas pálpebras estão pesadas com o peso das cores e da luz.
O ar queima meu cabelo e minha pele, me deixa suado, ofegante e torna as cores mais cruéis.
É como se houvessem rasgado meus olhos. Sinto as cores maculando
meu corpo, corrompendo minha estrutura óssea e muscular.
Distendendo todo meu eu.
A luz do outro par de olhos que me encaram é quase como um aviso de perigo. Profundo e avassalador, porém reconfortante ao mesmo tempo.
Vejo o vermelho de sangue e o laranja do suor.
O amarelo das lágrimas e o verde da saliva.
Sinto correr o azul dos arrepios e o violeta malévolo da língua ávida,
e tremo perante o rosa das mãos que me abraçam e acariciam com força e
lentamente.
Me fazendo sentir o teu lado mais obscuro ao libertar o meu também.
As cores estão molhando os meus olhos.
As cores estão me subornando e me enchendo de corrupção do teu ser celestial.