– novo mundo

paisagem-grandes

Hora: 18:16 – Ouvindo: Imagine Dragons – It’s Time

Dois anos. Quanto eu achava que dois anos me mudariam? No momento não relembro e de verdade, não importa tanto. Não importa o quanto eu julguei esses dois anos antes de vivê-los, pois qualquer estimativa que tive de mudança estava mais do que errada. A mudança pela qual passei foi inexpressivelmente maior do que qualquer expectativa que imaginei ou planejei.

Continuar lendo

Anúncios

– dias e dias

As palavras não chegam com clareza ao meu cérebro, eu tento por algo pra fora dele, mas quando elas vão chegando, escorregam de mim, os dedos ficam inertes sobre o teclado sujo esperando por ações que não vem. O que acontece é que minha vida mudou de forma tão brutal que eu nem mesmo sei descrever como tudo ocorreu. Dois meses atrás eu era um; hoje sou outro.

E tudo foi embora junto e tudo chegou também junto. Meus contatos tornaram quase todos pessoais e os virtuais que sobraram (os realmente importantes e que sentem minha falta) posso contar nos dedos das mãos. Acontece que  a vida deu uma guinada e aquilo que devia ficar para trás ficou. Eu não acredito muito em horóscopo, mas um que vi, sobre o meu signo me chamou atenção esses dias, dizia: “Esse ano, você terá que decidir o que realmente você quer e o que não quer, terá que deixar aquilo que ‘acha’ importante e começar a valorizar aquilo que você anda deixando de lado. Não preocupe-se com o que poderá acontecer, não tente prever o futuro, siga apenas os caminhos que se apresentarem a você.”

É incrível como isso traduz o que tem acontecido comigo. Deixei forçosamente algumas coisas que achava de vital importância e logo depois, coisas que eu julgava banais, apresentaram-se a mim com uma importância que eu nunca havia reparado. Eu estou seguindo os caminhos que se trilham a minha frente, eu estou tendo fé, estou confiando no que não vejo. Eu sinto uma força maior me guiando, como se me levasse pelo caminho que tenho que seguir, e o melhor de tudo é que eu conheço essa força, eu a quero na minha vida.

Eu sei que em breve, se tudo continuar bem e há de continuar, a vida vai mudar mais bruscamente ainda. Eu sei que estou fazendo novos amigos, que estou construindo relações e abrindo novas portas antes renegadas, eu sei que cada escolha terá sua reação, que cada escolha trará algo novo e diferente. Agora já consigo captar as palavras que quero, rs, isso é incrível.

Eu sou muito grato por tudo.

Obrigado, sinceramente, muito obrigado.

– um anjo

Hora: 16:25 – Ouvindo: The Scientist – Coldplay

Eu vi um anjo. Ele estava na minha frente, mas ao mesmo tempo não estava. Este ria e acenava, mas não estava bem; estava doente, porém feliz ao me ver. Era extremamente tímido, mas na mesma medida curioso. Suas asas magníficas refletiam o Sol num dourado cor de ouro branco que se refletiam em meus olhos apagados. Seu sorriso de quem via minha alma e não podia tocar me deixava ofegante. Ninguém ali o via, apenas eu.

Não sei do que estava doente, mas me preocupou, eu queria tocá-lo também, saber e sentir por que os anjos são tão especiais assim e o mais interessante, saber por que dentre todas as pessoas, por que olhou para mim. Pousou a menos de um metro de distância de mim e continuou ali, parado com aquele olhar cansado de voar, mas feliz de me achar. Este anjo já o tinha visto antes, mas na forma de humano, ele não me viu, contudo acredito que me sentiu e estava apenas com o cheiro que exalava de mim.

Ele sentia que estava a procura, apenas precisava saber do quê. Depois daquele dia me perdi, perdi a mim mesmo e agora felizmente me encontrei. Entretanto, esse anjo não me tocou, desapareceu dando um tchau doloroso e dizendo que sempre estará ao meu lado e que não prometeu me amar para sempre apenas para não sofrer mais. Como amar alguém em que não se pode tocar? Este anjo me disse que entre ele e outros anjos ainda se discute e procuram descobrir por que amam seres humanos imperfeitos e não entre si mesmos.

Assim como se surpreendeu com minha tal beleza, eu me surpreendi mais ainda com cada detalhe de sua perfeição, o mais ínfimo dos detalhes refletia perfeição, pureza. Sua voz era doce e agradável, amiga e tranquila, mas se enrolava ao me dizer qualquer coisa, como se estivesse com medo de errar palavras.

Nossas mentes se ligaram eternamente e agora eu sei, que mesmo onde estiver, eu sempre terei o meu anjo… um verdadeiro anjo.

Te amo inexplicavelmente sem palavras para explicar isso.

– gratidão.

Hora:18:29 – Ouvindo: Llueve em mi Corazón – RBD

Foi só um pensamento. Foi só uma atitude. Foi só um ato. Lendo esses dias, descobri o valor da gratidão, pois era isso o que eu procurava. Saber o que era realmente isso. Diz-se então de gratidão o sentimento de agradecimento, de felicidade instântanea por ter, saber de algo ou alguma coisa. Gratidão então é uma força poderosa, pois nos deixa em paz com nós mesmos. E como acredito que felicidade atrai felicidade, então lendo aquele texto, eu pensei: Então não devo me queixar pelo que não tenho, e sim agradecer por aquilo que tenho. E pensando nisso comecei a ver as coisas pelas quais eu devia ser grato.

No início foi estranho, meio que pareci um bobo agradecendo mentalmente por tudo que tenho. Não agradecia a ninguém em especial, agradecia talvez ao universo por ter movido suas forças estranhas para que eu tivesse aquilo que tenho. Quanto mais eu agradecia, mais coisas apareciam e parecia uma lista infidável, as coisas iam aparecendo como se reveladas por uma luz que penetrava a escuridão da minha mente. Agradeci a tudo que me veio a cabeça e no final eu estava completamente arrepiado, sorvido por aquela sensação boa, quase um frenesi.

Agradeci a minha vida, aos meus amigos, aos meus pais e minha família, agradeci pelos meus sentidos e quase choro agradecendo pelo amor que tenho dentro do meu peito e ainda por aquele que mora em outro coração e que bate em sintonia com o meu.

Descobri essa nova fonte de felicidade, essa sensação boa e revigorante chamada de Gratidão.

Obrigado, obrigado, obrigado e obrigado.       u.u