– procura-se

Hora: 00:36 – Ouvindo: Lana Del Rey – Dark Paradise

Meus olhos pesam. Meus sonhos transbordam. Minhas esperanças pendem. Sabe, a vida está boa. Definitivamente, boa. Tranquila. Tenho me tornado amigo de várias novas pessoas e muitas delas desempenham um papel em minha vida que nem elas mesmas imaginam. Mas… Não sei… Falta algo. Sabe aquele cheio que você sente dentro de si quando tudo está tão vazio ao mesmo tempo? O cômodo mais especial do meu coração tem estado desabitado há um longo tempo já. Aqui e acolá alguém pensa em bater na porta dele – ou imagino que irão bater – mas estão apenas passando. São apenas transeuntes. São apenas passageiros da vida. Aquelas velhas perguntas têm me voltado e revoltado a mente por esses dias.

Por onde você anda? Com quem está? No que pensa? Espera me encontrar um dia?

Sei lá… São perguntas dirigidas ao vento por não haver remetente. Por eu não esperar de fato uma resposta. Por eu saber quem quer que seja que preciso encontrar para me preencher não está ouvindo meus pensamentos. São palavras que lanço ao vento com um dormência nos lábios, palavras carregadas com um sabor molhado e salgado. São questões sussurradas… Intimamente pronunciadas. Espero tanto um dia encontrar esse alguém, que quando conheço alguém novo muitas vezes penso: Será você? E procuro nos olhos de quem conheço aquele brilho que dizem vermos.

Procuro em suas palavras uma entonação que me encherá de felicidade instantaneamente. Procuro um sorriso que brilhará como o sol. Procuro alguém que procure por mim. Em meus olhos, voz, sorriso. Procuro alguém que me enxergue, ouça, toque. Alguém que veja quem sou, quantos sou, fui e ainda posso ser. Que não me ache estranho apesar de tudo. Alguém que veja isso, aquilo, isto. Alguém que veja meus monstros dentro de mim e se torne amiga deles e que ao invés de fugir, adapte-se a eles… Alguém que busque entender e que me abrace quando eu não souber explicar. Mesmo com todas essas farpas e espinhos. Que veja também meus duendes e não ria deles. Que me conserte, cole, recorte, encaixe. Que me faça querer ser sempre melhor. Procuro um tambor que soe em concordância com o meu. Procuro um pássaro que queira compartilhar do meu ninho.

Tudo isso peço ao vento e o vejo levando meus desejos embora na esperança que ele encontre ouvidos interessados, que encontre quem também me procure por que… Sei lá, eu sei que eu posso amar muito. E tem tanto aqui dentro.. Tem tanto que posso inundar eu mesmo, tenho acumulado tanto em todos esses anos. Há tanto aqui dentro… Só não sei como mostrar sem afogar quem se atreve a bater na minha porta. Isso é tão ridículo… Palavras, raiva, sorrisos, você que não conheço – ou acho que não conheço. QUE MERDA!

Por que você apenas não se mostra para mim!? Eu tenho te procurado por tanto tempo já! O que você ainda está esperando para aparecer e me deixar te amar?! Eu quero tanto te conhecer ou te descobrir, mas minha vida me parece uma bagunça e não sei onde você está! Só sei que você está por aí! Sem ninguém ou com a pessoa errada! Eu realmente quero muito te encontrar… Você não sabe quantos planos faço pensando na gente, em nossa família, em nosso futuro. Eu juro que quando eu te encontrar vou te mostrar esse texto para que você saiba que eu já te amo mesmo antes de te conhecer, eu já te amo antes de te descobrir, antes de você se mostrar, antes de decidirmos namorar, noivar, casar, ter filhos juntos, e ficarmos velhos um ao lado do outro…

Você já me faz chorar de saudade por ainda não te ter 😦  Entende isso? Eu tenho saudades de você sem te conhecer! Me diz, quem faz isso? Eu te amo demais e quero que você me ame também. Seu cômodo está aqui te esperando, quero te receber, abrir as portas para você, deixar você correr dentro desse meu mundo e descobrirmos juntos todas as manhãs e noites. Você ocupa muito vazio dentro de mim.

Você não me vê andando de um lado para o outro te procurando pela cidade ou no mundo? Você não me vê ouvindo músicas pensando em você? Escrevendo por você, chorando por você, me perdendo por você, lendo pensando em você… Você nunca viu como te procuro em tantos olhos e corações e como fico cinza e podre quando descubro que mais uma vez não era você? Eu juro que espero que você não tenha passado por tantas quedas como eu. Eu quero te encontrar e estar contigo. Por que apesar de a vida estar tranquila, de eu ter amigos e uma ótima família… Você faz muita falta e tudo parece faltar um pouco de sentido sem você. Eu te procuro. Todos nós aqui dentro.

Eu não te conheço ou não te descobri ainda, mas por favor, apareça. Eu te amo e quero ser o melhor homem de sua vida. Sei que posso ser. Sei que você encontrará o caminho de volta para mim nessa vida.

Nosso futuro espera por nós. Ele nos procura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s